quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Ao Kaká Barboza: Em Jeito de Apreciação-Reacção... (a Post..Eriori...)

Caro Kaká,

Preparava eu, na tarde noite de ontem, para escrever um Post em uma espécie de apreciação-reacção ao teu bilhete quando, de repente, a Electra .... (o resto já sabes). Sendo assim, resolvi ligar a rádio do telemóvel e sintonizar a Rádio Nacional (RCV). Durante quase duas horas, ouvi músicas de qualidade, nossas e dos outros, a maior parte em formato electro-acústico. Pus-me a pensar: talvez eu tenha tido a sorte de testemunhar um momento raro ou então isto aconteceu porque, como justificarias, era de noitinha. Mas também pus a mim mesmo a questão: será que estou desactualizado e não percebi que a Rádio Nacional está a disponibilizar mais espaço para as músicas feitas por nós, e pelos outros, em formato electro-acústico (as mornas, a maior parte das coladeiras, um número razoável de funanás e batucos, “Dor” do Gil Semedo, o último CD do Gylito, alguns sembas, marrabentas, gumbés, etc,etc), depois que apareceu a versão Teen, a RCV+?

Sabes, Kaká, eu até entendo que as rádios comerciais sejam espaços onde os DJs aproveitam para mostrar que fazem melhor mixagem que os DJs da Concorrência e assim garantirem não só maior audiência na sua rádio, mas também mais biscates nas discotecas, afinal de contas, esta é a lógica deste tipo de mercado. Compreendo também que os DJs acreditem que o são só por saberem manejar os softwares e hardwares de mixagem e que, em termos de música, pensem que o importante mesmo é o Beat (ou a batida), pois falta-lhes alguma orientação mais aprofundada em harmonização.

No entanto, já se tratando da Rádio Nacional, que sempre teve, até onde eu sei, Técnicos de Som e não DJs, eu sempre espero algo mais, isto é, mais diversidade, mais “democracia” musical, mais equilíbrio entre o electro-acústico e o electrónico. Prometo-te que vou estar atento nestes dias à Rádio de Todos Nós para ver se dissipo estas dúvidas criadas pela noite escura de ontem.

Um Abraço.

1 comentário:

kakabarboza disse...

Obrigado Djoy. Espectaculo! É isto que vim fazer ao BLGCV, universo que afirmas pertencermos.
Nasci para indagar, provocar e produzir combates.
Tu pensas que não questionei, aí no Cometa, desde há muito os rapazes da Rádio que vão para ali cafeziar, para esta delinquencia!?
Mas o diabo é que o criolo, faz hoje, acha que está bem, não continua e nunca aperfeiçoa.
Um vem faz o que quer e o outro inventa para ser melhor e... ficamos... bla-bla-bla- blaaaa...a bla do Abrão. Programar para os ouvintes, não devia ficar na mão dos podores de SOM. Nem dos biscateros. Gostam não gostamos e ficamos, porque gostam e nós não gostamos porque pagamos.
Olha a Paty Faria... há muita maralha para pouca goiaba. Nhaco meu!
Vamos ter que dizer, berrar de todas as formas nos seus ouvidos até loréta senta pele. Dou-me satisfeito pela tua rápida reacção com LETRA ou sem ILECTRA.
Txau bróda. Um blg abraço.Kb